Como colocar o meu site no topo da página do Google?

Como colocar o meu site no topo da página do Google?

Estudos comportamentais demonstram que a maioria dos usuários da internet, durante uma pesquisa, nunca passam da segunda página de resultados. Esta conclusão demonstra bem a importância para os websites em aparecerem no topo das pesquisas nos motores de busca, tendo em conta que esta é a forma mais utilizada pelos internautas para procurarem informação on-line. No entanto, a pergunta que se impõe é: e como é que isso se consegue?

Primeiro que tudo, há que entender o que são motores de busca. Estes são todas as plataformas on-line que utilizamos para pesquisar informação na world wide web, como é o caso do Bing, do Yahoo e, claro, do mais popular de todos, o Google. Estes ordenam os resultados das suas procuras de acordo com um algoritmo que ninguém sabe ao certo como funciona, mas ao longo do tempo o marketing digital tem vindo a identificar alguns parâmetros que têm influência decisiva neste campo.

O SEO é a ferramenta do marketing digital que procura optimizar estas buscas. Aliás, as iniciais SEO significam precisamente isso, Search Engine Optimization, ou em Português, Optimização dos Motores de Busca. Através de determinadas estratégias operadas nas páginas da internet, o SEO consegue influenciar a posição desses websites numa pesquisa num motor de busca.

Existem assim várias ferramentas e estratégias de SEO para conseguir colocar os sites no topo da primeira página do Google e garantir uma maior visibilidade das empresas, atraindo novos clientes e aumentando o número de vendas. Compilamos de seguida as mais importantes orientações neste sentido.

SEO ON PAGE:

As melhorias SEO On Page são operadas directamente nos elementos dos próprios websites, especialmente no que diz respeito ao seu conteúdo. São vários os exemplos, seja a nível das palavras-chave, dos url ou das meta-descrições.

COMO COLOCAR O MEU SITE NO TOPO DA PRIMEIRA PÁGINA DO GOOGLE

Por exemplo, a utilização das palavras-chave certas ajuda a dar mais foco e valor semântico aos sites, permitindo aos usuários encontrarem de melhor forma o conteúdo que buscam através de conteúdos que realmente têm ligação a essa página. Para isso, podem encontrar ideias para palavras-chave ou as que são mais utilizadas pelos usuários on-line através de simples aplicações ou ferramentas como o Keyword Tool ou o próprio Google AdWords. Deve utilizar sempre as palavras-chave de forma natural, sem força-las.

No caso dos url, é importante que estes sejam racionais, claros e que transmitam algum significado. Por exemplo, se o endereço da sua página é www.empresa.com seguido de um amontoado de números e letras, ninguém o vai conseguir memorizar e transmitir ao próximo. Assim, um url amigável e intuitivo deve conter a palavra-chave do site, ser coerente com o que está a apresentar e conter não mais do que 5 palavras além do próprio domínio.

Outro exemplo de SEO on page são as meta-descrições. Estas são pequenos resumos sobre os websites, que aparecem nos motores de busca junto aos resultados. Este texto necessita ser incisivo e assertivo, de forma a influenciar decisivamente o utilizador a clicar e a entrar na sua página. Nunca deve ultrapassar os 160 caracteres, deve ser verdadeiro e pode incluir uma chamada para a acção no fim, algo como “saiba mais” ou “clique para descobrir”, de forma a despertar a curiosidade.

CONTEÚDO E WEBDESIGN:

Finalmente, o conteúdo dos sites tende, muitas vezes, a passar para segundo plano quando se fala de SEO, mas este continua a ser igualmente importante e decisivo para melhorar os resultados no Google e outros motores de busca. A qualidade do conteúdo continua a ser privilegiada pelos usuários, apesar de muitas vezes os especialistas secundarizarem esta questão. Por isso, é importante aliar o SEO ao webdesign e garantir que os objectivos de determinada página vão ao encontro dos interesses e necessidades dos usuários.

A internet é uma experiência muito volátil e rápida, onde ninguém quer perder tempo. Por isso, um site lento e pouco intuito vai afastar os clientes, não captando a sua atenção e, obviamente, diminuindo o volume de vendas ou a fidelização de novos clientes. As imagens são igualmente importantes para um conteúdo apelativo e benéfico para um bom resultado SEO.

SEO OFF-PAGE:
Já falámos aqui do SEO On Page, por isso agora é altura de mencionar o SEO Off Page. Ou seja, todas as práticas que servem para incentivar outros sites a apontarem links para o seu. Estas ligações são chamadas de backlinks e são a melhor forma de criar um efeito exponencial de disseminação dos resultados.

Muitas vezes, este SEO Off-Page aparece relacionado com as redes sociais. Omnipresentes no nosso dia-a-dia, as redes sociais como o Facebook, o Instagram ou o Twitter dominam a vida pública e privada da maioria dos internautas. Por isso, o sucesso comercial das empresas e marcas on-line encontram aqui um aliado de peso.

As redes sociais são terreno fértil para contactar directamente e de forma informal com possível clientes e direcciona-los para os seus websites, através de ligações ou chamadas de acção. O SEO tem criado estratégias cada vez mais inovadoras neste sentido, sendo as redes sociais uma tendência que se mantém bastante actual no marketing digital.

Finalmente, mas não menos importante, menção para o link building, uma estratégia de SEO Off-Page, mas que é tão específico que merece um parágrafo por si só. Este passa pelo trabalho em adquirir links de outros sites, uma vez que o Google e outros motores de busca prestam grande atenção nestes url.

Isto acontece porque é através dos links que os motores de busca encontram os seus resultados, medindo a popularidade e a relevância das páginas. Ou seja, podemos utilizar uma comparação com a vida real. Se ouvir falar de alguém recomendado por várias pessoas, vai ficar com melhor ideia dessa do que de outra de quem nunca ouviu ser mencionada por ninguém.

Os motores de busca funcionam da mesma forma e, por isso, o Link Building é outra das estratégias SEO para garantir uma posição cimeira do seu site nas pesquisas do Google. Obviamente que o recomendado é aliar todas estas ferramentas e estratégias e, para isso, o melhor é recorrer a ajuda especializada.

A RB2.Digital é uma agência de marketing digital com uma experiência acumulada de vários anos e os melhores profissionais ao seu dispor, capaz de entender o mercado como ninguém e ir ao encontro dos seus objectivos da forma mais rápida e eficiente. Garanta já o sucesso comercial on-line da sua marca ou empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos